Passado o Réveillon, uma das primeiras coisas a preocupar muitos brasileiros é a tão famosa Declaração do Imposto de Renda. Para quem nunca fez a declaração, a princípio pode parecer uma coisa de outro mundo, pois até mesmo para alguns mais experientes, pode não ser tão simples assim.

Mas será mesmo tão complicado? Como se preparar para ela? Quais documentos reunir? As regras mudaram para esse ano? E essa tal de dedução? Calma, para essas e outras respostas, fique até o final e entenda melhor como facilitar sua vida e que, na verdade, é mais fácil do que parece.

Quais documentos reunir para a declaração do Imposto de Renda?

Para evitar problemas e possíveis dores de cabeça, o ideal é que se comece pelo mais básico: a documentação. Tendo ela em ordem, a parte mais burocrática, por assim dizer, está garantida, e a chance de problemas é diminuída.

Alguns documentos são sempre necessários e bom ter à mão: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência atualizado. Para essa ocasião, deve-se incluir também dados bancários atualizados e comprovante de atividade profissional.

Mas também há alguns documentos necessários caso você se encaixe entre os que fazem uso deles, como comprovantes de:

  • compra e venda de bens;
  • outras rendas;
  • gastos com educação;
  • cópias de recibos e notas fiscais emitidas (para autônomos),
  • extrato do INSS (para aposentados do INSS);
  • CPF dos dependentes (caso haja algum)
  • informe de rendimentos e informe de pagamento de contribuições a entidades de previdência privada (e CNPJ da entidade) se forem o caso;
  • documentos referentes a rescisões trabalhistas com valores individualizados de salários;
  • recibos de procedimentos médicos e odontológicos (necessário o CNPJ da entidade);
  • cópia da declaração do IR do ano anterior, caso tenha declarado.

Apesar de muitos, boa parte deles pode não ser necessária se você não se encaixa no grupo que faz uso. Mas claro, é sempre bom ficar atento para o caso de algo mudar, pois apesar de em 2023 apenas investimentos na bolsa com lucros de, no mínimo, R$ 40.000,00 passarem a ser obrigatórios, até 2022 quaisquer investimentos necessitavam de declaração, então cuidado com possíveis mudanças de um ano para outro.

Quais são as novas regras do Imposto de Renda?

Do ano passado para esse ano não há nenhuma mudança significativa, com exceção do valor de isenção do Imposto de Renda. Até o ano passado, quem recebia até R$ 1.903,98 estava isento de pagar, mas a partir de 2024, o valor passa a ser de R$ 2.640 por mês (sendo R$ 2.112 mais um desconto de R$ 528).

Como conseguir deduções no Imposto de Renda?

Antes, é necessário entender que gastos dedutíveis no Imposto de Renda são despesas que você pode subtrair do seu rendimento total antes de calcular o imposto que precisa pagar. Isso inclui gastos com saúde, educação, previdência privada, pensão alimentícia e despesas com dependentes. Ou seja, se você teve custos nessas áreas ao longo do ano, pode contar com essas deduções para reduzir o valor do imposto que terá que pagar.

Isso é uma maneira de o governo proporcionar um alívio fiscal, mas no momento de fazer a declaração de Imposto de Renda, é importante manter os registros dessas despesas e apresentar os documentos necessários para aproveitar esses benefícios.

Agora, se o seu imposto já foi pago (ou retido diretamente na fonte), mas havia gastos dedutíveis, você pode se enquadrar na chamada restituição, que nada mais é do que uma forma de o governo devolver o dinheiro que seria descontado caso você ainda fosse pagar o seu Imposto de Renda, mas que já foi pago. Isso é feito depois da entrega da declaração e em remessas, com datas previamente agendadas.

Também é importante ressaltar que nem todos estão aptos a receber a restituição.

Claro que, para alguém inexperiente, tudo isso pode parecer muito complicado e intimidador, afinal envolve uma série de documentos e trata diretamente de finanças e impostos. E é para isso que a M Loução Assessoria Contábil atua. Com sua equipe treinada e qualificada, tornou-se referência na área contábil na região de Curitiba e está pronta para auxiliar durante todo o trajeto oferecendo as melhores soluções, provendo tranquilidade e garantia do melhor serviço e com o melhor retorno possível.

Acesse o nosso site, preencha o formulário e faça já o seu orçamento!